Skip to content

Algumas manifestações sobre o novo álbum

junho 13, 2011

Algumas manifestações sobre o novo disco, Um Futuro Inteiro, têm pipocado pela internet. Seguem algumas palavras com os respectivos links:

“Um Futuro Inteiro é dos mais inspirados e coerentes discos lançados no Brasil em 2011. Repetidas audições permitem novos olhares e as músicas só ganham qualidade, seja pela composição firme ou pelos truques deixados dentro das canções. O termo “belo” nunca soou tão verdadeiro.”

Resenha do Music for the people.

Um Futuro Inteiro is one stellar example of lo-fi psychedelic pop. (…) Truly an exceedingly skillfully crafted album that really shows how great stripped down psych-pop can be. I’m raving for a reason, pilgrims, for it is so fine.”

Resenha do blog americano Spacerockmountain.

“Só mesmo na poesia do Bonifrate é que as horas emudecem ou se confirma a existência de uma avalanche de luz ou até a possibilidade de sugestão para lhe arrancarem os pedaços e enterrarem nos quintais da mente. (…) Músicas como ‘Esse trem não improvisa’, ‘A farsa do Futuro enquanto Agora’, ‘Vertigem de uma festa interestelar’, ‘O vôo de Margarida’ e ‘Cidade nas nuvens’ são o que há de melhor no folk-rock-psicolélico-assobiável, representado pelo Bonifrate.”

Resenha do Eu Ovo.

“Se antes a psicodelia vinha em doses, agora ela vem em cargas, sempre esvoaçadas, carregando sons flutuantes, que circundam o ouvinte e o transportam para terrenos distantes, tão distantes quanto aqueles explorados dentro das composições do disco.”

Resenha do Miojo Indie.

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: