Skip to content

Primeiro EP “Sapos alquímicos na Era Espacial” (2002) de volta com faixas-bônus em download gratuito

março 23, 2015

Sapos alquímicos - capa em alta editNo verão de 2001 para 2002 eu fazia em Paraty as primeiras gravações como Bonifrate, reunidas na fita super lo-fi Sapos alquímicos na Era Espacial (EP?). Muitas das primeiras canções em português que eu escrevi estão aí, o único outro idioma presente está em “Mae’r llyfr ar y bwrdd” – um exercício de composição em galês. O EP foi gravado em 4 canais, direto na fita cassete, num tempo em que eu mal entendia o uso de coisas como delays ou reverbs, e contém versões originais de músicas posteriormente regravadas como “Seqüelagem” (em Toca do Cosmos EP, Bonifrate, 2014) e “Frog Rock” (em Seres verdes ao redor, Supercordas, 2006). Mais ou menos na mesma época, eu e Valentino, futuros Supercordas, fazíamos o único concerto do Vitrola Photossintética, no Armazém Caborê em Paraty, junto com Adriano na bateria e Matheus nas percussões e ruídos (foto abaixo, pra se ter uma ideia de como éramos moleques). Muito do repertório deste show saiu do Sapos alquímicos. Agora a peça está novamente disponível para download, com remasterização caseira e 3 faixas bônus, gravadas em abril de 2002. Essas canções apareceram no single Substâncias cósmicas. A primeira, faixa título do single, deve ser das mais desconhecidas. A segunda, “Unicórnio 2D”, andou circulando por aí depois de entrar na trilha do filme independente Apenas o fim, de Matheus Souza. A terceira, “O álcool é piegas”, foi regravada em 2005 para o disco Os anões da Villa do Magma, lançado pela Open Field Records em 2007. Recomendo pra quem não se importa em ouvir sons toscamente gravados e tocados, e pra quem se interessa pelas raízes de algumas das intuições musicais que desaguaram na música que faço hoje. Escute abaixo, ou clique em “download” e entre “0” para baixar gratuitamente.

Atualização: saiu uma resenha do relançamento no blog norte-americano Space Rock Mountain – leia aqui!

Vitrola Photossintética em 2002, no Armazém Caborê, Paraty. Da esq para a dir, Matheus, Valentino, Adriano e Bonifrate.

Vitrola Photossintética em 2002, no Armazém Caborê, Paraty. Da esq para a dir, Matheus, Valentino, Adriano e Bonifrate.

Gravador de 4 canais de fita cassete Yamaha, Paraty, 2002.

Gravador de 4 canais de fita cassete Yamaha, Paraty, 2002.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: